segunda-feira

casamentos, hierarquia de género e instituição familiar*

teresa pizarro beleza, professora da faculdade de direito da unl, explica no 'público' (sem link - pág. 29) que "o casamento foi, até hoje, se excluirmos a prática da escravatura, a forma mais perfeita de domesticação e subordinação das mulheres" e que "a democracia levada a sério implica a capacidade de aceitação da igualdade na diversidade",... para concluir que "a abertura do casamento a casais do mesmo sexo é também uma via da sua manutenção. e de reforço da instituição familiar, tão cara a tanto discurso e a tanta doutrina"... confusos? então vão ler o artigo, que é limpinho como água.

*título do artigo, com o antetítulo: "a hierarquia de género é das mais profundas razões para a resistência à abertura do casamento a casais do mesmo sexo"

1 comentário:

Maria Papoila disse...

"Vamos aproveitar o concerto de Lisboa da Simone e Zélia Duncan para expressar o nosso apoio ao casamento entre pessoas do mesmo sexo usando o nó branco. Faz o teu e usa-o no concerto. Divulga entre os teus amigos".
(www.whiteknot.org)