domingo

queria ser estrela do mar


conversa da m., a explicar que na escola estava a dar "os espermatozóides e os óvulos", como se juntam, como se formam os gémeos verdadeiros e os gémeos falsos, e como os espermatozóides mais rápidos são os mais bem sucedidos.
o diálogo prossegue com exemplos de mamíferos e outros especímes.
fico a saber que os ouriços não copulam, 'porque senão picavam-se'.
a certa altura, m. - conta - foi apanhada 'em falso' pela professora.
"a menina queria ser estrela do mar?! então não sabe que as estrelas do mar são assexuadas?"

[não sei se são...]

mas o que retenho é a capacidade de se regenarem (perdes um braço, por deficiente manuseamento, ganhas outro...); agrada-me este estilo do ensino de hoje ser tão optimista.

1 comentário:

Ana disse...

Das coisas mais maravilhosas que li nos últimos dias.
Estrela do Mar. Que seja Estrela do Mar... uma verdadeira lutadora hoje e sempre!