segunda-feira

um aborto de política

é chocante como um político* de 'esquerda' foge às suas responsabilidades, impostas justamente pelo 'socialismo moderno', e lança um referendo sobre a Interrupção Voluntária da Gravidez, garantindo de antemão que mesmo que haja uma maioria de não à despenalização, ainda que não vinculativa, nada muda, nada mexe na lei...
(não seria melhor rever então a lei do referendo que não considera respeitáveis resultados de um referendo em que metade do eleitorado não se pronuncie?)
... a menos que esta chantagem seja para pressionar a que haja uma forte participação no referendo (que, como se sabe, aguarda ainda parecer do Tribunal Constitucional).
qualquer chantagem não é método (político) sério - digo eu.

*José Sócrates, no Congresso do PS

1 comentário:

** sean paul** disse...

Ontem deu para perceber como são feitos os discursos de José Socrates, está lá um Lopes da Silva que o orienta!!! LOL**
E sobre o aborto, por um lado concordo, mas por outro não... Há dois pontos de vista, cada um com pontos contra e a favor, muito fortes ...
Bjx