domingo

impressões (1)

quase uma dúzia de horas de voo, com contra-relógio na escala, e eis-me no destino. pelo meio, houve gente simpática a sorrir, e nada paga um sorriso!
o staff das afro-americanas era, digámos, muito interessante. depois, o marroquino foi gentil, na proporção da insensatez do calor: 87º F e façam as contas...
todas as cidades têm um registo de cheiro e o desta revelou-se invulgar. canela, baunilha?, sei lá que mais, um cheiro quente e doce, e discreto, mesmo que se deva a um snack qualquer. e o velho odor a grill, pois claro.
de resto, é tudo a espaços largos. espaço é o que não falta... tudo talhado para o negócio do turismo. recepção elegante - champanhe, morangos com chocolate, e ainda não percebi o mapa do hotel...
[só faltavas mesmo tu para a orgia ser perfeita].

4 comentários:

jmf disse...

como naquele filme [não sei o quê] escaldante?

Rita disse...

...o perfume do percurso é-me familiar ... só faltaste mesmo tu para a orgia ser perfeita...

LR disse...

pois, como nos filmes... como posto adiante...

oh, rita, familiar? desculpa se te plagiei... a bem dizer, o cenario e' o que menos conta numa orgia 'privada'...

Rita disse...

... always me ... é bem verdade mas pode potenciar ; )) ... não me plagiaste de todo ... apenas me despertou curiosidade o "percurso" que descreveste porque me tocou familiarmente ;)...