quarta-feira

aborto (6)...

...ou como é bom descansarmos a consciência com as maiorias...

isto a propósito da informação que faz hoje a manchete do JN:
Cerca de 350 mil portuguesas entre os 18 e os 49 anos fizeram pelo menos um aborto ilegal. E, dessas interrupções voluntárias de gravidez, quase três quartos aconteceram até às dez semanas de gravidez, o que significa que a alteração da legislação que vai ser sujeita a referendo no dia 11 de Fevereiro conferiria um carácter de legalidade a mais de 260 mil delas

- os 28% restantes (?!) não interessam nada. aliás, um dia depois das dez semanas faz toda a diferença!
[SIM, não há alternativa ao voto]

2 comentários:

Eyes wide open disse...

Irrita-me a hipocrisia da sociedade portuguesa em relação a esta questão...

Susana disse...

Não existe mesmo alternativa!
Beijinho, grande..